Bina Fonyat (1945-1985), fotógrafo carioca reconhecido internacionalmente, tinha já publicados dois livros de fotografias e um terceiro pronto para entrar em gráfica quando faleceu prematuramente aos 40 anos de idade. Formado em arquitetura pela Escola de Arquitetura da Universidade Federal do Rio de Janeiro, em 1967, dedica-se à arquitetura e à cenografia antes de começar a fotografar profissionalmente, em 1969. Desenvolve uma carreira extremamente eclética, tendo se dedicado à fotografia de imprensa, de teatro, de artes plásticas e de publicidade, fazendo desde reportagens sobre a corrida automobilística das 24 horas de Le Mans para a revista O Cruzeiro até capas de disco para Elis Regina e Edu Lobo. Desenvolve também trabalho documental de expressão pessoal, publicando os livros Carnaval (1978) e Fotografias (1979), deixando inédita outra obra, dedicada ao bairro carioca de Copacabana, que é publicado em livro em 2002, com apoio da Secretaria de Cultura da Prefeitura do Rio de Janeiro. Em seu acervo, além dos trabalhos profissionais, há registros autorais do cotidiano da cidade do Rio de Janeiro, das viagens que realizou, do bairro de Copacabana, onde morava, e do carnaval carioca, por ele intensamente registrado. Nos 15 anos dedicados profissionalmente à fotografia, Bina Fonyat desenvolveu uma linguagem própria, com humor e oportunidade, tendo sempre na figura humana seu principal foco de interesse.

Cantoneira
Cantoneira b
Cantoneira c
Cantoneira d